Como fazer meu site aparecer melhor no Google?

Em duas palavras: Conteúdo relevante.

O segredo do sucesso de qualquer buscador é a capacidade de achar textos relevantes para a pessoa que fez a busca então é natural que todos os seus esforços sejam no sentido de “ler” cada página da Internet e definir em que temas elas se encaixam e qual é sua relevância nessa área.

Agora as questões são: como ter conteúdo relevante e como os robôs dos mecanismos de busca vão achá-lo?

Bem, há duas formas de fazer isso e sugiro usar as duas:

  • Escreva seus textos pensando em quem você quer que os encontre
  • Tenha um site tecnicamente amigável para os buscadores.

Vamos começar pelo “tecnicamente amigável” pois é mais simples de explicar.

Sites amigos de buscadores

O primeiro passo é usar um bom CMS (Content Managemant System) como o WordPress. Eles já fazem boa parte do trabalho naturalmente inserindo os códigos necessários (como as metatags).

O WordPress é um dos melhores CMS nesse aspecto (Não é a toa que é usado nos portais de notícias tanto da Globo quando da Record), mas pode ser melhorado com alguns plugins:

O cache é importante pois atualmente a velocidade de carregamento do site tem peso na análise de relevância.

Depois de instalar o gerador de Site Map você terá que mandá-lo gerar o mapa pela primeira vez e depois ele funcionará sozinho.

Você terá que dedicar um pouco mais de tempo ao Platinum SEO pack para entender os seus campos, mas ele já ajudará simplesmente sendo instalado.

Permalinks… O nome é estranho, mas isso é o endereço das suas páginas. Por exemplo, o permalink da nossa página de contato é i4b.com.br/contato.

O padrão do WordPress (não imagino porque) é fazer links do tipo meusite.com.br/?p=12, mas pode ser facilmente configurado na opção Settings/Permalinks. Altere para /%category%/%postname%/

O nome do domínio ajuda bastante, preparacaodeatores.com.br terá muito mais chances de ser achado em uma busca por preparação de atores do que soufulano.com.br

O Marketing de Busca do Web Paulo é uma das melhores fontes de informação tanto para explorar as vantagens do Platinum SEO quanto para o item a seguir.

Outra boa fonte é o site Tudo Para WordPress do @GugaAlves

Como escrever seus artigos e páginas

Escrever online até certo ponto é parecido com o que um jornalista ou redator fazem, mas tem algumas diferenças:

  • O leitor online prefere textos mais curtos e diretos
  • Temos que escrever para os robôs dos buscadores também

Há dois motivos para o texto ser adaptado para o leitor internauta. O primeiro é obvio: não queremos escrever para robôs! Hehehe! O segundo é que um texto que passa a mensagem rapidamente tem mais chance de ser compartilhado pelos leitores e os robôs dos buscadores procuram observar isso.

O segredo de escrever para robôs é lembrar que os humanos tem uma grande facilidade em lançar olhos sobre um grupo de palavras e identificar se ele se enquadra em seu interesse, mas os robôs não são (ainda) tão espertos.

Imagine por exemplo que você faça preparação de atores.

Vamos listar algumas estratégias para o texto ser mais amigável para os robôs:

  • O seu primeiro parágrafo deve resumir o artigo (isso é bom para o leitor humano também)
  • Coloque as palavras mais importantes no título da página ou artigo como “Workshop de Preparação de Atores de Teatro em Curitiba” para um artigo avisando da data, duração e preço do próximo workshop agendado
  • Se o texto tiver subtítulos use os tipos de parágrafo adequados (Título 1, 2, 3 etc.) pois os robôs sabem que as palavras ali são importantes para definir o conteúdo do texto
  • Palavras em negrito também são consideradas mais importantes pelos buscadores
  • Garanta que o título do seu site (que aparece em todas as páginas) contenha as palavras mais buscadas pelos visitantes que você deseja atrair
  • O WordPress tem um campo para a descrição do site (e o Platinum SEO o melhora). Esse é o texto que aparece sob o link para o seu site nas buscas e tem uma grande importância também quando o robô analisa seu conteúdo
  • Defina palavras chave (tem um espaço para elas na parte direita da tela quando estamos escrevendo um artigo). Elas podem não ter um grande peso no status do site, mas ajudam o buscador a classificar o conteúdo

Reputação e redes sociais

Já se fala no fim da era dos buscadores depois que a Internet se tornou uma grande rede social (o segundo site mais acessado do mundo é o Facebook e há o fenômeno Twitter só para citar alguns).

Agora muitas vezes achamos o que nos interessa buscando o que os amigos já aprovaram.

Os buscadores estão atentos a isso há muito tempo, tanto que, desde o começo, um dos fatores mais importantes para o Google na hora de classificar um site é quantas vezes ele é mencionado por outros sites, ou seja, uma rede social vasta de pessoas que citam o site é vista como uma forma de aprovação da relevância do seu conteúdo

Mas CUIDADO! De forma nenhuma, jamais, nem em sonho aceite o chamado link farming que consiste em pagar o serviço de alguém que providencia para milhares de sites linkarem o seu artificialmente. Isso vai contra o interesse dos buscadores que querem achar conteúdo relevante e não sites artificialmente recomendados. A resposta deles pode demorar, mas é devastadora: eles cortam seu site de toda e qualquer busca.

Se você ou sua empresa são referências na sua área naturalmente outros colocarão links para o seu site.

O ideal é que o texto que contém o link seja expressivo.

Por exemplo clique aqui não diz nada, mas os buscadores vão favorecer seu site se o linkarem como a melhor preparação de atores do Brasil.

Uma forma de aumentar a possibilidade de linkarem seu site com um texto relevante é associar sempre um lema curto e expressivo a ele.

Algumas pessoas negociam troca de links com sites mais famosos. Pessoalmente não gosto dessa prática muito embora realmente o link em um site com boa colocação no Google (Page Rank) pese mais.

Mais eficiente é usar um serviço/plugin como o ShareThis que cria um botão para compartilhar suas páginas e posts nas principais redes sociais.

Fiz tudo isso e meu site ainda não aparece bem

Tenha paciência e persistência. Há vários fatores que podem dificultar a boa colocação do seu site:

  • Sites novos ficam algumas semanas em observação e idade é importante na classificação do site
  • Se os seus temas centrais são muito populares você terá uma longa escalada pela frente. Invista pesadamente no conteúdo e nas redes sociais para se tornar conhecido e  uma referência.
  • Seus concorrentes também investiram corretamente no SEO (mesma sugestão acima)
  • Seu site foi penalizado pois você tentou alguma estratégia para enganá-los, nesse caso pare imediatamente! Só o bom conteúdo salva.

Referências

Ajudaram a construir esse post:

26 thoughts on “Como fazer meu site aparecer melhor no Google?”

  1. Você conseguiu em um post resumir os principais fatores que influenciam o posicionamento em sites de busca.

    De início pode até parecer muita informação, mas aos poucos se aprofundando, as coisas começam a fazer sentido.

    Para Jornalistas e produtores de conteúdo mais do que nunca é essencial dominar de técnicas de redação para web.

    Foi um prazer ter ajudado a construir esse post, espero que ajude a muitos.

  2. Parabéns a todos os envolvidos na elaboração do artigo.

    Tem pouco tempo que estudo SEO e todos os conceitos que aprendi no começo estão contemplados nesse artigo de forma simples e objetiva.

  3. Ficou muito bom o post e agradeço pelo link do meu site. O objetivo dos artigos que escrevo são para dar dicas de Otimização e Marketing Digital para pequenos empresários. Contribuir para que o entendimento sobre SEO e Marketing Digital por parte de todos que usam a Web é muito bem vindo.
    Precisando é só me procurar.
    Parabéns e bom trabalho.

  4. Muito útil mesmo, li e reli esse artigo e procurei mais sobre assunto, chegue até a escrever um post no meu blog e indique lá. eu só acho que faltou uma coisinha, uma imagem. texto sem imagem, por melhor que seja o conteúdo, tende a atrair menos leitores. #fikdik

    1. Extremamente bem lembrado!

      Apesar de não ser muito relevante para o SEO com certeza as imagens ajudam o visitante a ficar mais tempo no site e ler o texto todo.

      Isso merece até um post. Não lembro de ver alguém falando nisso.

  5. Há muito que estou com dilema sobre os “textos curtos”… E se o site busca atrair justamente aqueles que são dados à leitura, mesmo no espaço virtual? Ou então, seria um “texto curto” mais… elaborado? Hã??

    1. É um dilema mesmo…

      Até mesmo a literatura impressa tem usado parágrafos mais curtos e sentenças mais simples (vide o, argh, Harry Potter e o, arrrgh, Código da Vince), mas tem gente que lê textos mais longos e complexos online.

      Um bom exemplo é o Obvious que é um sucesso e tem artigos bem longos como O que você quer fazer antes de morrer?.

      Em termos de SEO isso tem pouco impacto.

      Em termos de encontrar seu nicho acho que é perfeitamente possível, mas há de se pensar em pelo menos usar um design bem leve evitando cores cansativas por exemplo.

  6. tenho um site de uma empresa de cabos de aço, mas só consigo achar quando digito o nome da empresa.

    se eu colocar (cabos de aço ele nao aperece, pq?

    obrigado!

    1. Olá Mesquita,

      Dei uma olhada no site e notei várias razões.

      Em primeiro lugar tem muito artigo com informações mais relevantes sobre cabos de aço que terão vantagens sobre o seu conteúdo que é bem resumido.

      A página que teria informações sobre cabos de aço não está entrando porque está com acentos e espaços e o navegador não entende o endereço.

      Seu site não tem metatags para definir a linguagem e país o que atrapalha um pouco também.

      As imagens poderiam ter nomes mais expressivos como cabos_aco_tantosmilimetros.jpg

      Sugiro que você entre em contato com especialistas em SEO como o Web Paulo e o Ricardo Saavedra (eu os citei no post) pois acho que vale a pena contratar um especialista para analizar e te orientar sobre as melhoras que podem ser feitas.

  7. Acabei de começar um blog e estou me orientando pelas suas dicas.
    Não consigo achar as opções Settings/Permalinks na minha conta, ainda não sei mexer direito.
    Muito bom seus ensinamentos, está me ajudando bastante.
    desde já agradeço.

    1. Muita gente se enrola com isso, é que tem duas formas de usar o WordPress. Vou tentar explicar de uma maneira bem clara.

      Exsite o WordPress completo que você pode instalar no seu próprio domínio, como aqui que é i4b.com.br. Você pode se informar sobre esse WordPress em wordpress.org.

      Se você não tem um domínio (tem que pagar 30 reais por ano para o governo e uns 25 por mês para um hospedeiro) você pode usar uma versão mais reduzida do WordPress gratuitamente em WordPress.com.

      O primeiro é .org, o segundo é .com. Só para deixar bem claro! 🙂

      A boa notícia é que o WordPress gratuito que vc tem no wordpress.com já é configurando com os permalinks de um jeito bom (podia ser um pouco melhor). A má notícia é que não dá mesmo para mudar essa configuração.

      Tem um monte de coisas que você não poderá fazer no wordpress.com, mas ainda assim é um ótimo serviço gratuito.

    1. Bem, numa rápida olhada me parece que vc não seguiu nenhuma das dicas que dei aqui e tem diversas outras que podem ser seguidas para ir melhorando seu posicionamento.

      Procure um profissional em SEO ou faça um bom curso. Esse é um tema bem vasto e um bom profissional cobra em torno de 1500 reais para fazer uma análise.

  8. Valeu pelas boas dicas, embora eu esteja com com blog novo no Blogger e não no WordPress, achei as dicas úteis. Eu tenho tido dificuldades na geração de um sitemap, mas isso não é assunto de seu artigo.
    Parabéns e bola para frente,
    Sérgio

    1. Olá Sérgio,
      Fiz esse artigo sem pensar em serviços como o wordpress.com ou o blogger.com que são sistemas bons, mas que não oferecem todos os recursos que um gerenciador de conteúdo pode oferecer. O WordPress a que me referi aqui é a versão completa que pode ser instalada no seu domínio.

      Me parece que, no caso do Blogger vc pode criar um sitemap usando o Feedburner.

    1. Seu site foi feito em Joomla o que é bom, ele é um bom CMS, mas os buscadores precisam de textos dentro do seu site para indexá-los melhor, me parece que esse é o principal problema no seu caso. O texto no Tittle também podia ser mais expressivo.
      Crie bom conteúdo e pegue dicas nos sites que indiquei e certamente você conseguirá uma boa colocação.

  9. Bom post, de excelente uso.
    Particularmente, já tenho algum tempo na internet com blogs, e os conteúdos que são manchete no google, demoram um pouco para se tornarem efetivos e com boa quantidade de fluxo de visitantes.

    Parabéns pelo blog.

    Att,

  10. Olá amigo, tenho uma dúvida: meu site é em wordpress, tenho uma loja da Woocommerce e gostaria de saber se é melhor construir as páginas estáticas em forma de post (tipo jogar o post dentro da página estática), eu não faz diferença para os buscadores? Pergunto isso pois no post tenho opção de colocar as metatags, e nas páginas não.
    Agradeço sua ajuda! 🙂

    1. Oi,

      Dificilmente fará diferença para os buscadores já que eles tem abandonado as metatags que passam a ser mais importantes para quem já está dentro do site. Para montar uma nuvem de tags por exemplo.

      Por outro lado a filosofia de trabalho do Woocommerce trata os produtos como um tipo de post.

      Essa abordagem é comum pois as páginas são vistas como um recurso mais adequado para textos únicos como “Quem somos”, “Missão” e “Contato”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *